๐Œ๐€๐๐’๐€ ๐€๐๐”๐๐€๐Š๐€๐‘๐ˆ ๐ˆ๐ˆ: ๐Ž ๐ˆ๐Œ๐๐„๐‘๐€๐ƒ๐Ž๐‘ ๐ƒ๐Ž ๐Œ๐€๐‹๐ˆ ๐๐”๐„ ๐‚๐‡๐„๐†๐Ž๐” ๐€ ๐€๐Œ๐„́๐‘๐ˆ๐‚๐€ ๐€๐๐“๐„๐’ ๐ƒ๐„ ๐‚๐Ž๐‹๐Ž๐Œ๐๐Ž


Cerca de 200 anos antes de Cristovรฃo Colombo chegar ร  Amรฉrica em 1492, os navios do imperador  Mansa Abubakari II, do Impรฉrio do Mali, jรก teriam chegado ao continente  em 1312, mais precisamente na regiรฃo onde hoje fica a cidade do Recife. E nรฃo somente: segundo historiadores, Bakr teria permanecido no “Novo mundo”, estabelecido contato diplomรกtico com as populaรงรตes locais, e atรฉ mesmo realizado transaรงรตes comerciais de troca, levando frutas e outros cultivos de volta para a รfrica.

Os relatos histรณricos da viagem do imperador do Mali vรชm de escritos do historiador sรญrio Ibn Fadlallah al-Umari, que teria se encontrado com Abu Bakr II e publicado o relato das viagens em 1342  o estudo dos escritos levou o historiador maliano  Gaoussou Diawara a publicar o livro “๐€ ๐’๐š๐ ๐š ๐๐ž ๐€๐›๐ฎ๐›๐š๐ค๐š๐ซ๐ข ๐ˆ๐ˆ … Ele Partiu com 2000 Barcos”, no qual detalha a saga do antigo rei do impรฉrio Mali. Segundo consta, enquanto o boa parte do mundo conhecido de entรฃo acreditava que o fim do mundo estaria do outro lado do Atlรขntico, Abubakari desconfiava  e cria que poderia encontrar outra margem se atravessasse o mar.

๐€ ๐œ๐จ๐ฆ๐ข๐ญ๐ข๐ฏ๐š ๐๐š ๐€๐›๐ฎ๐›๐š๐ค๐š๐ซ๐ข:

A imensa comitiva de Abubakari teria saรญdo em 1311 com 2 mil embarcaรงรตes da costa de onde hoje รฉ a Gรขmbia para viajar atรฉ Recife levando homens, mulheres, gado e outros animais  o desembarque em Recife teria acontecido no ano seguinte. O prรณprio nome “Pernambuco” seria, segundo o historiador, uma corruptela da expressรฃo maliana “Boure Bambouk“, que significa “campos de ouro”, e traรงos e influรชncias da cultura do Impรฉrio de Mali foram encontrados por todo o continente quando da chegada dos espanhรณis e portugueses, quase dois sรฉculos depois.

๐๐ฎ๐ž๐ฆ ๐Ÿ๐จ๐ข ๐€๐›๐ฎ๐›๐š๐ค๐š๐ซ๐ข ๐ˆ๐ˆ

Segundo a histรณria, Abubakari II reinava um dos maiores e mais ricos impรฉrios do mundo Mali controlava toda a regiรฃo do oeste africano com especial abundรขncia de riqueza pela descoberta de grandes quantidades de ouro. No perรญodo de seu reinado o impรฉrio era um grande centro de excelรชncia  na cidade de Timbuktu foi fundada uma das primeiras universidades do mundo, que recebia milhares de alunos em seus tempos รกureos. O desejo de desbravar os mares, porรฉm, teria falado mais alto e, segundo os historiadores, Abubakari II teria largado o trono em favor do irmรฃo para atravessar o oceano e chegar na Amรฉrica.

Ki-Zerbo, J. (ed.). Histรณria Geral da รfrica da UNESCO, vol. IV, Ediรงรฃo Resumida. Imprensa da Universidade da Califรณrnia, 1998.
Sundiata: An Epic of Old Mali" - Autor: D.T. Niane

Mali: A Handbook of Historical Statistics" - Autor: Ralph A. Austen.
Histรณria Geral da รfrica da UNESCO, vol. III, Ediรงรฃo Resumida. Imprensa da Universidade da Califรณrnia, 1992.

African Civilizations: An Archaeological Perspective" - Autor: Graham Connah

    Crรฉdito: Uma รfrica Desconhecida 
    "๐•ธ๐–†๐–Ž๐–˜ ๐•ฌ́๐–‹๐–—๐–Ž๐–ˆ๐–†, ๐–’๐–†๐–Ž๐–˜ ๐–†๐–’๐–”๐–— ๐–Š ๐–’๐–Š๐–“๐–”๐–˜ ๐–”́๐–‰๐–Ž๐–”"
Postagem Anterior Prรณxima Postagem

Top Post Ad

ู†ู…ูˆุฐุฌ ุงู„ุงุชุตุงู„