O Militar da Marinha Brasileira que quase provocou uma Guerra com a Argentina em 1874

O Militar da Marinha Brasileira que quase provocou uma Guerra com a Argentina em 1874


Estanisláo Przewodowski (1843-1903) também conhecido como Estanislau Prezewodowski, 
foi Capitão de fragata da Armada Imperial Brasileira entre 1858 a 1874.

Veterano das guerras do Uruguai e do Paraguai, nas quais lutou pela Marinha Brasileira, recebeu diversas comendas, sendo feito posteriormente comandante da Flotilha do Alto Uruguai, sediada em Itaqui, Rio Grande do Sul em 1872.

Ocupando este posto, tornou-se especialmente conhecido por ter ordenado o bombardeio naval da cidade argentina de Alvear em 1874 pelo Monitor "Alagoas" causando crise diplomática entre o Império do Brasil e a Argentina em reação à agressão de um médico da Armada por argentinos. Apesar de recepcionado como herói pela população gaúcha, foi exonerado pela participação no feito, recebendo o título de capitão de fragata de reserva. Przewodowski, foi tão heroizado pela população itaquiense, que ergueu um teatro em sua homenagem, o Theatro Prezewodowski

Na reserva, formou-se em engenharia, sendo nomeado engenheiro-chefe das missões de demarcação e colonização dos vales do Rio Pardo e do Jequitinhonha, além de ser gerente da Companhia de Navegação Baiana de 1894 a 1900. Foi sócio efetivo e fundador do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia. Casou-se em 1895 com Felicidade Perpétua Cardozo Pereira de Mello, sobrinha do Barão de São Marcos.
Faleceu em Salvador em 25 de agosto de 1903. Fonte: Subsídios para a história marítima da Brazil - Volume 6 - Página 54
Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.

Top Post Ad

Below Post Ad

Subscribe Us