O MUITO AMADO MONARCA

O MUITO AMADO MONARCA



O jovem D. Pedro V, Rei de Portugal. Filho mais velho de Maria II, era pelo lado da mãe, sobrinho de Pedro II do Brasil e neto de Pedro I. Amado pelo povo, assumiu o trono aos 16 anos, tendo o pai, Fernando de Saxe-Coburgo-Gota-Koháry, administrado os assuntos de Estado até sua maioridade em 1855.

 D. Pedro V faleceu em 1861, aos 24 anos de idade de febre tifóide, tendo imortalizado sua memória como " O muito amado", por ser um dos primeiros reis a se interessar pelo social e pelo povo diretamente, tendo percorrido as partes mais pobres de Lisboa, anotando os pedidos e queixas da população. 

Curiosamente, uma de suas primeiras ordens como monarca, foi por uma caixa verde do lado de fora do Palácio Real, para que o povo ali lhe falasse com franqueza sobre suas mazelas. Fundou inúmeros hospitais públicos, instituições de ensino e financiou do próprio bolso cursos de ensino superior.

Pedro V (Lisboa16 de setembro de 1837 – Lisboa, 11 de novembro de 1861), apelidado "o Esperançoso" e "o Muito Amado", foi o Rei de Portugal e Algarves de 1853 até à sua morte. Era o filho mais velho da rainha Maria II e do seu marido, o rei Fernando II. Ele ascendeu ao trono com apenas dezasseis anos de idade, após a morte da sua mãe, com o pai atuando como regente do reino até à sua maioridade, em 1855.

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.

Top Post Ad

Below Post Ad

Subscribe Us